.>
Alguns conteúdos desta seção estão disponíveis apenas para quem estiver logado.
Caso tenha acesso, faça seu login aqui
postado sob cidadania, feminismo, Ítaca

Maria da Penha e sua luta contra a violência doméstica

Exemplo de mulher que vivenciou a violência doméstica, a farmacêutica cearense Maria da Penha deixou de ser parte da estatística e entrou nos livros de história, tendo deixado um legado no combate a esse tipo de abuso. Depois de anos em busca de justiça, ela conseguiu fazer com que a luta contra o abuso fosse reconhecida e recebeu uma lei em sua homenagem: a lei 11.340/06, popularmente batizada com seu nome. 

Prestes a completar 12 anos, a Lei Maria da Penha foi aprovada em agosto de 2006 e tem como objetivo criar mecanismos para coibir e prevenir casos de violência doméstica e familiar contra a mulher. 

Para conhecer mais sobre esse tema, acesse o site Entre Quatro Paredes, produzido pela nossa ex-aluna Juliana da Cunha Costa Santos e suas colegas, Carolina Moraes e Giuliana Saringer. A reportagem multimídia foi apresentada como Trabalho de Conclusão do Curso de Jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, sob orientação do Prof. Jorge Roberto Tarquini. 

 

 

 

fechar