.>
22
novembro
2013
Temos o talento de criar um mundo de fantasia. E por isso mesmo  somos sortudos!

Com essa ideia na cabeça, desde 1990 o artista Theo Jansen dedica-se a criar novas formas de vida: os animais da praia. Eles não são feitos de proteína, como as outras formas de existência animal, e sim de outro material básico: tubos plásticos amarelos. Extraem a energia do vento, por isso não têm a necessidade de se alimentar como nós. Theo trabalhou no projeto de suas articulações de maneira que seus movimentos ficaram impressionantemente parecidos com os dos seres vivos. Passou a desenvolver mecanismos de reação nessas criaturas, de modo que evoluiram e quando a maré sobe, elas fogem das águas, tornando-se sobreviventes a tempestades e marés.

O desejo de Theo Jansen é poder liberar diversos animais desse tipo pelas praias.  Refazendo a Criação, ele espera tornar-se mais um criador da natureza, enfrentando seus percalços.

Afirma com humor: “Não é fácil ser Deus; há muitos desapontamentos pelo caminho. Mas, nas ocasiões onde tudo funciona, ser Deus é a melhor coisa do mundo”.

 

Referências:

http://www.strandbeest.com

http://theojansen.net

http://www.archdaily.com.br/br/01-147803/exposicao-theo-jansen-animais-que-se-alimentam-de-vento-theo-jansen-earthscape

 

Vídeos:

http://vimeo.com/53963103#

http://www.youtube.com/watch?v=SGx8UaPJOVc

http://www.ted.com/talks/theo_jansen_creates_new_creatures.html

fechar