.>
19
outubro
2015
Mais uma Mostra Internacional de Cinema!
postado sob arte, cidadania, cinema, cultura
cartaz da mostra, com desenhos de Martin Scorcese

De 22 de outubro a 4 de novembro, acontece a tradicional Mostra Internacional de Cinema, de São Paulo. Durante duas semanas, serão exibidos 312 títulos de 62 países, em 22 endereços - cinemas, espaços culturais e museus - espalhados pela capital paulista, incluindo-se exibições gratuitas e ao ar livre.

A Mostra Internacional de Cinema de São Paulo é um festival anual, organizado pela Associação Brasileira Mostra Internacional de Cinema.  Foi criada em 1977, quando o crítico de cinema e então diretor do departamento de cinema do Museu de Arte de São Paulo (MASP) Leon Cakoff resolveu celebrar o 30º aniversário do Museu com uma mostra de filmes. 
 

A MOSTRA E A CENSURA DO GOVERNO MILITAR

Durante os primeiros 7 anos de festival, quando o Brasil vivia sob a ditadura militar, a Mostra teve uma série de problemas com a censura : frequentemente os filmes tinham que ser mostrados a uma comissão de censores para serem liberados para exibição. Muitas vezes, as diversas embaixadas tinham que ajudar no envio de material para o Brasil.

Em 1984, último ano da ditadura, a Mostra saiu do Masp e ganhou uma batalha contra a submissão dos filmes à censura prévia.  No entanto, foi suspenso na primeira semana, após exibir o filme O Estado das Coisas (1982 , de Wim Wenders. Essa interrupção do festival pela censura teve repercussão internacional e durou 4 dias, tempo em que os censores assistiram a todos os filmes, voltando a controlar as exibições.

A 9ª edição da Mostra,  em 15 a 31 de outubro de 1985, já foi totalmente livre de censura.
 

IMPORTÂNCIA E REPERCUSSÃO

"A história da Mostra Internacional de São Paulo é o relato de uma batalha constante contra a censura, as leis arbitrárias, o descaso pela cultura. É, finalmente, uma luta pela criação e preservação de uma memória coletiva"
Comentário do cineasta Walter Salles, diretor de "Central do Brasil" e "Diários de Motocicleta".

Nos seus 39 anos de existência, a Mostra cresceu e tornou-se um evento de grande escala, que acontece em diversos lugares da cidade, exibindo anualmente mais de 300 filmes do mundo todo e dando ao Brasil uma visibilidade importante no meio cinematográfico internacional.

O diretor de cinema Fernando Meirelles acredita que, se não fosse a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, o público local conheceria apenas as grandes produções comerciais norte-americanas e europeias.  

Diversos diretores e produtores de cinema brasileiros, além de convidados internacionais, ganham espaço na Mostra, participando ativamente de exibições, debates e entrevistas. Alguns convidados internacionais tiveram destaque desde 1977, como Dennis Hopper, Pedro Almodóvar, Park Chan-Wook, Miguel Gomes, Victoria Abril, Jane Birkin, Guy Maddin, Abbas Kiarostami, Claudia Cardinale, Amos Gitai, Les Blank, Quentin Tarantino, Maria de Medeiros, Wim Wenders, Alan Parker, Manoel de Oliveira, Christian Berger, Kiju Yoshida, Atom Egoyan, Danis Tanovic, Satyajit Ray, Eizo Sugawa, Theo Angelopoulos, Marisa Paredes, Rossy de Palma, Geraldine Chaplin e Jonas Mekas.

Além disso, a Mostra também produziu alguns filmes de curta metragem, dirigidos por seus organizadores Leon Cakoff e Renata de Almeida e por convidados.

Leon Cakoff, fundador, organizador e diretor do evento, faleceu em 2011, logo depois da 35ª edição da exibição . Sua viúva e coprodutora do festival, Renata de Almeida, continuou o trabalho.
 

A 39ª MOSTRA, em 2015

A seleção deste ano faz um apanhado do que da produção do cinema contemporâneo mundial está produzindo, além das principais tendências, temáticas, narrativas e estéticas.

Ela é composta por seis seções: 
1- Competição Novos Diretores - exibe títulos de diretores que tenham realizado até dois longas (os mais bem votados pelo público serão vistos pelo Júri Internacional, que escolhe posteriormente os que vão receber o Troféu Bandeira Paulista)
2 - Perspectiva Internacional - apresenta um panorama do recente cinema mundial
4 - Retrospectiva - seção com clássicos e títulos de importantes diretores restaurados pela The Film Foundation
5 - Homenagem - celebração ao centenário do diretor italiano Mario Monicelli, com exibição de cinco títulos restaurados
6 - Apresentações Especiais - sessões em espaços alternativos ou de filmes que completam obra de diretores selecionados pelo evento; Mostra Brasil - títulos brasileiros inéditos em São Paulo.

VEJA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA AQUI
 

Referências
http://39.mostra.org/br/pag/informacoes-gerais
https://www.facebook.com/mostrasp
https://en.wikipedia.org/wiki/São_Paulo_International_Film_Festival=
http://ultimosegundo.ig.com.br/cultura/cinema/morre-leon-cakoff-fundador-da-mostra-de-cinema-de-sao-paulo/n1597279416140.html
http://www.guiadasemana.com.br/cinema/noticia/dossie-da-mostra-internacional-de-cinema-2015​
http://www.ccine10.com.br/39a-mostra-internacional-de-cinema-de-sao-paulo-cobertura/​

 

fechar