.>
19
janeiro
2016
O MUNDO EM QUE PISAMOS

Gary Greenberg é um doutor que combina sua paixão pela arte e pela ciência, criando paisagens dramáticas de mundos escondidos.
 
Greenberg usa microscópios para revelar paisagens de mundos fora de nossa percepção cotidiana, mas com os quais convivemos todos os dias. Para ele, os segredos da natureza estão visíveis em todos os lugares, são tangíveis, mantendo-se secretos até que sejam revelados, pelo microscópio. Alcançando-os, nos conectamos com o universo.
 
Originalmente fotógrafo e cineasta de Los Angeles, Estados Unidos, aos 33 anos Greenberg iniciou o Pós-graduação em Pesquisa Biomédica, em Londres, Inglaterra. Foi professor universitário na Califórnia, nos anos 80, e na década de 90 inventou um microscópio 3D de alta definição, para o qual registrou 18 patentes nos Estados Unidos. 
 
Desde 2001, Greenberg foca seu microscópio em objetos comuns: grãos de areia, flores e comida.  Esses objetos do cotidiano assumem outra realidade quando aumentados centenas de vezes, revelando aspectos escondidos e inesperados da natureza. Pelas imagens da areia, por exemplo, nos damos conta de que, ao caminhar pela praia, pisamos sobre milhares de anos de história biológica e geológica.
 
Recentemente Greenberg fotografou a areia da Lua, trazida pela missão da Apollo 11.
Vale a pena conhecer seu trabalho, surpreender-se e deliciar-se com as imagens.


Referências:
http://sandgrains.com

fechar