.>
13
julho
2016
Elas estão condenadas!

filme feito pela produtora canadense Egg Studios 

 

Alguns costumes estão tão arraigados no nosso dia a dia, que nem paramos para pensar sobre eles e para questioná-los.
Pois bem, se você gosta daquele cafezinho de cápsula e nunca parou para avaliá-lo, agora tem um motivo para repensar sua adoração.
A mania das máquinas de cafezinho em cápsulas se propagou de tal maneira que virou uma questão ambiental importante.
A cidade de Hamburgo, segunda maior da Alemanha, proibiu a compra de cápsulas de café por repartições públicas. A medida introduzida em janeiro de 2016 faz parte de um grande esforço da gestão pública para reduzir a quantidade de resíduos sólidos lançados ao meio ambiente.
O Guia para Contratos Ecologicamente Responsáveis da cidade alemã, condenou o uso das cápsulas por serem feitas de uma mistura de plástico e alumínio. Esse documento de 150 páginas também baniu garrafas plásticas de água, produtos de limpeza à base de cloro, pratos e talheres de plástico e outros produtos.

O porta-voz do Departamento de Meio Ambiente e Energia de Hamburgo, Jan Dube, afirmou em entrevista à BBC que as cápsulas que contem plástico e alumínio não são facilmente recicláveis. "Aqui em Hamburgo, pensamos que essas cápsulas com 6 gramas de café em um pacote de 3 gramas não devem ser compradas com o dinheiro do contribuinte", afirma.

A cidade tem uma longa lista de metas que pretende seguir para se tornar mais sustentável no futuro.
Entre outras coisas, eles querem se livrar dos carros na região central em 20 anos e construir espaços verdes sobre as atuais rodovias apinhadas de veículos. 
Veja aqui algumas das questıes relativas às cápsulas de café:
- A cápsula de plástico È feita de petróleo (combustível fóssil), e utiliza de muita energia em sua fabricação (contribuindo para o aquecimento global)
- Ela é forrada com um filtro, preenchida com café e selada com uma tampa também de plástico.
- Em seguida é empacotada em caixas de papelão (feito de celulose das árvores, gastando mais energia) e finalmente empacotada em umas caixas maiores para distribuição.
- As caixas são transportadas em navios para distribuição internacional e em seguida por caminhões para distribuição regional, consumindo mais petróleo
- Quando finalmente chega ao consumidor, cada cápsula faz apenas um café e é descartada, virando lixo
Além da complexidade da embalagem, que contém plástico e alumínio, a cápsula usada ainda guarda borra de café moÌdo, o que a torna mais difÌcil ainda de ser reciclada.
Mais significativo é que em cada oito cafés vendidos na Alemanha, um deles vem de cápsulas individuais.

Pensando em chamar a atenção para os males do uso das cápsulas de café, a produtora canadense Egg Studios fez o filme "Kill the K-Cup", disponível no Youtube e no link acima.
O filme trata da questão de uma maneira bem humorada e com muitos efeitos especiais, finalizando com a frase:  "mate as cápsulas antes que elas te matem".

Aqui está um bom motivo para repensar o hábito de tomar café e retornar à cafeteira italiana ou ao bom e velho filtro, de papel ou, melhor ainda, de pano.
 

Referências:
http://ineam.com.br/hamburgo-proibe-capsulas-de-cafe-na-administracao-publica/
http://www.huffingtonpost.com/2015/01/29/kill-the-k-cup_n_6574146.html
http://www.killthekcup.org
http://www.carbondiet.ca/green_advice/food/k-cup_coffee_maker_garbage_an_environmental_issue.html
http://www.theatlantic.com/technology/archive/2015/03/the-abominable-k-cup-coffee-pod-environment-problem/386501/
http://saopaulosao.com.br/conteudos/exemplos/1731-hamburgo-na-alemanha-È-a-primeira-cidade-no-mundo-a-proibir-c·psulas-de-cafÈ.html
http://noticias.uol.com.br/meio-ambiente/ultimas-noticias/redacao/2016/02/22/hamburgo-bane-uso-de-capsulas-de-cafe-em-predios-publicos.htm
http://exame.abril.com.br/mundo/noticias/esta-cidade-proibiu-o-uso-de-capsulas-de-cafe-expresso

 

fechar