.>
NOTÍCIAS
O QUÊ
assunto
QUANDO
2024
2023
2022
2021
2020
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
Alguns conteúdos desta seção estão disponíveis apenas para quem estiver logado.
Caso tenha acesso, faça seu login aqui

 

Conhecer o outro e o diferente é uma tarefa constante e que faz parte do dia a dia escolar. 

Os 2º anos do ensino fundamental passaram a trocar cartas com crianças do 4º ano de outra escola, a EMEF General Alcides Gonçalves Etchegoyen. A ponte entre as duas escolas foi feita pelo professor de Educação Física, Aurélio Miguel que trabalha nas duas escolas.

As professoras dos dois grupos conversaram como as crianças poderiam se apresentar umas às outras. Fizeram  autorretratos, desenhos de  brinquedos, comentaram sobre seus  alimentos preferidos e de outros gostos, informaram sua idade e data de nascimento. Uma carta coletiva também foi escrita.

Nessa troca, os segundos anos receberam cartas individuais, em letras cursivas. Foi bonito perceber a emoção das crianças ao lerem as cartas e rapidamente se prontificaram a responder. 

A troca de correspondências continua recheada de surpresas, respeito, escuta, olhar para as diferenças, e muita, mas muita escrita. 

+71

 

O projeto surgiu do desejo de trazer para o espaço do Ítaca mostras de manifestações culturais diversas, do Brasil e de outros lugares. E, mais do que isso, o objetivo foi o de lembrar que tais manifestações podem ser expressas em uma amplidão de ações, por meio de atividades físicas, das artes plásticas, da música, da literatura, dentre outras.

Assim nasceu o Expressão, Corpo e Cultura, do Fundamental 2 e do Médio, que, nesses anos, já trouxe para nossos palcos, quadras e pátios danças gregas, indianas, celtas, brasileiras, africanas; o hip hop; a tradição mexicana do Dia de los Muertos e a comemoração do Ano Novo chinês; as artes visuais (desenhos, pinturas, fotografia...); o futebol, o tchoukball, o kung fu, a aeróbica; mágicos e malabaristas de circo, e muito mais.

Em 2022, foi a vez do skate, da capoeira, do samba, do coco, da artesania e arte de tambores decorados, da “praça” de alunos e alunas retratistas e seus retratados, de canções executadas por estudantes, da técnica do lambe-lambe... E estudantes, suas famílias, professores e profissionais da arte e do esporte dividem os espaços.

Esta é personalidade do evento.

Em paralelo, por todo o Colégio, houve a exposição de variados trabalhos do 6º ano EF2 ao 3º EM, germinados nas aulas de Arte, História da Arte, Linguagem e Expressão, Linguagens Audiovisuais, e nos projetos e estudos do meio envolvendo História, Geografia, Língua Portuguesa, Biologia, Química...

Nessa edição, tivemos, ainda, a abertura da “cápsula do tempo”, quando estudantes do 3º EM resgataram uma caixa com bilhetes, fotos, registro de desejos, enterrada ao concluírem o 9º EF2: um reencontro de cada um consigo mesmo e com colegas e amigos.

Os horizontes deste nosso mundo estão todos aí; temos que abrir os olhos e a alma para eles.

postado sob 2022, arte, comunicação, EF2

Em 16/09, foi realizada uma oficina de Mapas Mentais para alunos e alunas de 8º e 9º EF. Ferramenta bastante importante, eles podem ajudar no estudo e na organização dos mais diversos conteúdos, conectando ideias de forma criativa e estimulante. A aula, ministrada pela Profª Cristiane, coordenadora de Tecnologia Educacional, pode ter participação presencial ou on-line

Segundo Tony Buzan, criador do Mapa Mental,  essa é uma ferramenta que mostra externamente o que ocorre dentro da cabeça de um indivíduo: pode atender qualquer coisa que se queira fazer, em termos de pensamento, contemplação, cognição, lembrança ou criação… 

Na oficina do Ítaca, foram abordados os temas: (1) como elaborar mapas mentais; (2) importância das representações visuais e como ajudam o cérebro na sistematização da aprendizagem; (3) uso de cores e formas; (4) reflexão sobre o que pode ser melhorado, “o que eu sei”, “o que ainda não sei". 

Munidos de papel, lápis e canetas de cores variadas e de um mapa anteriormente produzido, os/as estudantes, com muito interesse e participação, puderam pensar em caminhos para melhoria e aprimoramento do uso dessa ferramenta. Foram também apresentados recursos digitais para a produção de mapas mentais. 

 

+10
fechar